HEY

Descrição das Atividades Desenvolvidas

Visita Avançada de Planeamento - 24 a 27 de Maio de 2019

Realizamos a Visita Avançada de Planeamento com os líderes de grupo.  Durante a tarde de 24 de Maio e todo o dia 25 de Maio, tivemos apresentação da equipa de Check-IN e dos diferentes líderes de equipa presentes, partilhamos as informações sobre parceiros e participantes. Apresentamos e encontramos a melhor Logística para o grupo, dividimos as responsabilidades para os Líderes de Grupo e Participantes, Fizemos a revisão do Programa de atividades e adatamos ao grupo, assim como o código de comportamento e aspectos Financeiros. Terminamos com os possíveis desafios que podia acontecer durante o Intercâmbio e finalizamos com um jantar um passeio por Alcoutim.

Intercâmbio Juvenil - 9 a 19 de Agosto de 2019

Primeiro dia do Projeto - 10 de Agosto

O Intercâmbio Juvenil (HEY - Heritage for European Youth) começou com o seu programa oficial no dia 10 de Agosto de 2019, na pequena cidade de Alcoutim, no Algarve, a 3 minutos de barco da Espanha. Este intercâmbio de jovens reuniu 11 países, 55 participantes, 11 líderes de equipe, 5 membros da Check-In Association, 5 voluntários, 4 facilitadores, 1 fotógrafo e 1 cozinheira.

A manhã começou com um energizador preparado pela equipa portuguesa e um discurso de boas-vindas de António Gomes, presidente da Check-In Association, apresentando os membros da equipa, voluntários e instalações que iremos utilizar durante o nosso intercâmbio juvenil. 

A nossa estagiária da Eslovênia, Urška Opeka, liderou a primeira sessão matinal de conhecer uns com outros. Os participantes começaram a aprender as primeiras informações uns sobre os outros através de um jogo criativo de Bingo, onde eles estavam procurando outros participantes com algumas características (pessoa que fala mais de 3 idiomas, pessoa que tem 3 ou mais irmãos, etc).
Após a pausa para o café, continuamos com a segunda sessão da manhã. Para esta sessão foram preparadas 4 estações diferentes (Apresentação do programa, Trabalho e regras comunitárias, passe juvenil e Team building). Os participantes foram divididos em 4 grupos e visitaram cada estação por 15 minutos. A cada um dos participantes foi atribuído um ponto específico na tenda ao chegar a Alcoutim. Cada tenda era uma parte de uma comunidade: todos juntos criamos 8 comunidades, onde garantimos o equilíbrio de gênero e país.
Na estação comunitária os participantes aprenderam sobre o significado da comunidade e as suas responsabilidades. Cada dia uma comunidade era responsável por manter uma das áreas de intercâmbio juvenil limpa. Juntos, eles vieram com as regras comuns para uma vida mais confortável e respeitosa.

Na apresentação da estação de programa os participantes aprenderam o que podem esperar desta troca de jovens mais em detalhes, o conteudo das oficinas, como eles podem escolher o workshop que eles gostam e qual é a idéia do resultado final deste intercâmbio.
Os participantes aprenderam o que é o programa Erasmus+, o que é educação não formal e o valor do Youthpass. Por último, mas não menos importante, a estação de construção de equipes ofereceu aos participantes outro jogo que testou sua paciência e explorou suas habilidades de comunicação e liderança. O jogo concentrou-se em desenvolver a sua compreensão de uma equipa, colaboração e comunicação eficaz. A sessão da tarde deu um primeiro passo para o tema do intercâmbio de jovens- cultura.

Aos participantes foi dada uma tarefa de escrever 5 palavras que definem a cultura para eles. Depois disso, eles foram em pares. O par tinha uma tarefa para discutir a definição de cultura, e para escolher 5 palavras fora dos 10, que representam a cultura para eles. Repetimos a mesma tarefa juntando 2 pares na rodada seguinte e depois 2 grupos de 4 pessoas. No final, tínhamos 8 grupos de 8 pessoas, cada grupo tendo suas próprias 5 palavras para a cultura. Na etapa final desta sessão, os grupos tiveram que preparar um flipchart com com sua definição da cultura usando as 5 palavras e preparar uma apresentação de 3 minutos longa curta da cultura em uma maneira creativa. A cada grupo foi atribuída uma certa expressão artística de sua apresentação: música, dança, teatro e arte plástica. Os participantes foram muito criativos com suas performances, podíamos ouvir uma música de rap sobre cultura, ver um coletivo de danças nacionais e uma flor cultural crescer fora de nossas diferenças e similaridades e também ver como uma pessoa está moldada ao longo do tempo por diferentes experiências em um indivíduo forte, independente. 

Com estas apresentações, concluímos o programa para o nosso primeiro dia de intercâmbio juvenil. Os participantes foram divididos em 11 grupos de reflexão que serviram de espaço para refletir sobre o dia: como os participantes se sentem e o que gostariam de mudar. Os grupos de reflexão foram liderados pelos líderes de equipe dos países que, em seguida, passou a informação para a equipe Check-In. 

Noites Interculturais

Com um número tão grande de participantes e países participantes, decidimos ter não uma, não duas, mas três noites interculturais. Na primeira noite intercultural Portugal e Eslovénia subiram ao palco e prepararam um questionário com alguns factos interessantes sobre os seus países. A atmosfera estava muito aquecida, não só por causa do clima quente, que se tornou um dos nossos melhores amigos, bem como o nosso pior inimigo durante estes 10 dias, mas também por causa do espírito dos participantes que estavam ansiosamente tentando encontrar respostas corretas para as perguntas. Para finalizar, os participantes portugueses também prepararam expressões portuguesas engraçadas traduzidas diretamente para o inglês, o que não faz muito sentido a menos que você seja português. Os participantes tiveram que realizar estas expressões que concluíram esta noite com muita dor muscular em nossas bochechas.

Os restantes 10 países foram divididos em 2 grupos, cada grupo teve a oportunidade de se apresentar nas duas noites seguintes.

Na segunda noite intercultural, tivemos a oportunidade de conhecer melhor a Estónia, Chipre, Bélgica, Eslováquia e Itália. Nós tivemos uma oportunidade de ver e de participar em um jogo estoniano maluco “Carregando a esposa”, o grupo de Chipre divertiu-nos com o seu jogo do“Ziziros”, os participants de Bélgica ensinaram-nos uma dança nacional, a equipa eslovaca partilhou as suas lutas de identidade no mundo para não ser confundida com a Eslovénia ou uma cidade na Rússia, em fim a Itália não seria a Itália se não nos dessem uma introdução básica à segunda língua italiana, os gestos. E o melhor para último: cada país preparou seu cantinho de comida que todo mundo tem que desfrutar depois que a noite terminou. 

Na última noite intercultural pudemos desfrutar das apresentações da Letónia, Espanha, Turquia, Grécia e Polónia. Esta foi uma noite de dança intercultural. Começámos a aprender a dança nacional da Letónia, os participantes gregos ensinaram-nos Sirtaki e os polacos apresentaram uma dança muito engraçada que gostam de fazer durante os seus casamentos. Também tivemos a oportunidade de testar as nossas habilidades linguísticas, tentando pronunciar difíceis frases da língua polaca. A participante turca Zilan nos apresentou seu instrumento de bateria e compartilhou sua música e paixão conosco. A atmosfera era incrível, todo mundo gostava de ouvir a sua música que resultou em grandes aplausos no final da apresentação. A noite terminou com a apresentação espanhola. Em primeiro lugar pensamos que estamos entrando em uma nova seita por causa da escuridão, as velas, o fumo e a divagação não compreensível dos participantes espanhóis. Este acabou por ser um ritual especial de fazer “queimada” na sua região da Galiza. No final conseguimos provar a queimada e estava deliciosa. Também concluímos esta noite com boa variedade em comidas nacionais, bebidas, boa música e dança. 

Workshop de Dança – Carlota Oliveira

Dia 12 de Agosto 

Durante a primeira sessão, após uma apresentação, a facilitadora Carlota Oliveira introduziu ferramentas de consciência do corpo no espaço, na sua relação consigo mesmo e com os outros: formas de criar um corpo dançante e expressão autêntica através do mesmo. A seguir foram realizados alguns exercícios sensoriais para apurar os sentidos e revelar a forma como os corpos dançam no espaço e uns com os outros.

Dia 13 de Agosto

No segundo dia o grupo continuou trabalhando as mesmas ferramentas. A seguir, a facilitadora introduziu dinâmicas de composição em tempo real em grupo, solo e dueto, tentando de promover ao mesmo tempo a expressão artística individual, de cada participante, e coral. De acordo com as indicações da facilitadora, os participantes começaram a desenvolver ideias e definir um excerto daquele que vinha a ser o espetáculo final.

Dia 14 de Agosto

Durante a terceira sessão, a facilitadora trabalhou mais uma vez os sentidos, utilizando exercícios sensoriais de corpo. Foram introduzidos alguns exercícios para trabalhar o corpo emocional do interprete, formas de criar corpo e movimento através de emoções. A seguir foram abordadas bases da dança contemporânea (chão e verticalidade) e continuou o processo de criação (evento final), fechando a primeira parte da nossa apresentação.

Neste serão, apresentamos este excerto ao resto do grupo de participantes, tal como o grupo de música. Partimos depois para uma “jam” de grupo, onde toda a gente teve oportunidade de experimentar as várias disciplinas à vontade.

Dia 15 de Agosto

Este dia de workshop foi focado inteiramente na criação, com todos os participantes ativamente envolvidos neste processo: a facilitadora deu sugestões de estrutura do espetáculo e combinações de pessoas para composição, enquanto os participantes apoiavam criticamente. Tiveram total liberdade de trabalhar os seus duetos, solos e quartetos, definindo assim, grande parte do material que depois seria utilizado no espetáculo. Após as várias partes estarem definidas e finalizadas, o grupo partiu para estruturação do todo, trabalhando essencialmente ligações entre cenas. Assim, no fim do dia, o espetáculo final estava pronto e estruturado.

Dia 16 de Agosto

Este dia foi dedicado essencialmente a “limpeza” de cenas e atos. De manhã o grupo teve  oportunidade de revisitar alguns exercícios que foram explorados ao longo da semana, olhando e dançando com um novo corpo. A seguir, foram limpadas as cenas de grupo e trabalhadas individualmente em cada solo, dueto e quarteto. Os participantes, sempre com a ajuda e apoio da facilitadora, participaram ativamente e criticamente neste processo.

O trabalho final foi baseado na repetição de todas as cenas para no corpo memorizar. 

Dia 17 de Agosto

Durante a ultima sessão do workshop, o grupo teve oportunidade de ter um circulo de partilha, para fechar o processo e partilhar as emoções e sentimentos da semana. A seguir foi repetido mais uma vez o espetáculo, com o objetivo de melhorar alguns pequenos pormenores em vista do ensaio geral no Castelo de Alcoutim. 

Workshop de Comunicação – Rita António

Dia 12 de Agosto

Durante a primeira sessão do workshop da Comunicação, a facilitadora Rita António apresentou o programa da semana, planificando detalhadamente todas as atividades e a estratégia da comunicação dia a dia (social networks, promoção do evento final, entrevistas, vídeos, fotos...). A seguir começou a explicar alguns conceitos básicos sobre a fotografia (ângulos, zoom, posições, configurações, luzes e sombras) e as câmaras digitais. Enfim, com todos os participantes, foi criada uma “Storyboard”, ou seja um conjunto de ilustrações e imagens arranjadas em sequencias com o propósito de pré-visualizar o vídeo final do projeto.

Dia 13 de Agosto

Na primeira parte do dia os participantes, com a ajuda da facilitadora, acabaram de planear a Storyboard e o argumento do filme do HEY. Depois, cada membro do grupo da comunicação começou a tirar fotos com o objetivo de capturar imagens engraçadas e momentos importantes no decurso de outras atividades/workshops (dança, arte, teatro, musica). No final do dia 13 começaram também as primeiras filmagens para o filme.

Dia 14 de Agosto

Durante a manhã do dia 14, os participantes continuaram a tirar fotos em todos os lados aonde as atividades do projeto estavam a decorrer. A seguir continuaram as filmagens do vídeo final no campo para gravar a vida no “Hey Village”, uma pequena “aldeia” ao pé do rio Guadiana com tendas organizadas em comunidades e uma área de Chill Out aonde os participantes viveram durante o projeto. A seguir foram realizadas algumas entrevistas, sempre para o filme, à António, presidente da Associação Check-IN e coordenador do projeto, e à alguns locais com o objetivo de compreender a cultura, a história e as tradições desta terra e sobre tudo como a gente de Alcoutim digere a presencia de um grande grupo internacional.

Dia 15 de Agosto

O dia 15 começou com uma sessão habitual de fotos e a seguir os participantes continuaram a gravar filmagens no campo. Durante a tarde a facilitadora explicou a técnica de produção “Voice Over”, ou seja uma técnica em que uma voz que não faz parte da narrativa é usada numa produção vídeo. Foram abordadas também técnicas de dicção e maneiras de inserir faixas de áudio num filme. No final do dia começou a edição final com a montagem das filmagens e das entrevistas.

Dia 16 de Agosto

Durante o dia 16 os participantes do workshop da comunicação focaram-se nas reportagens fotográficas de Alcoutim, andando pelas ruas da aldeia, nas filmagens do campo e na edição final do vídeo, cuidando dos últimos detalhes.

Dia 17 de Agosto

Durante o dia 17 os participantes, sempre com a ajuda da facilitadora, completaram a edição do vídeo da semana, o qual foi projetado no inicio do evento final (às 21h) no Castelo de Alcoutim. A equipa da comunicação empenhou-se na gravação do espetáculo com varias câmaras dispostas em vários pontos para apanhar as performances da dança, do teatro, da arte plástica e da musica de diferentes perspetivas.

Workshop de Arte – Marta Carvalho

Dia 12 Agosto

Durante a primeira sessão, após uma apresentação, a facilitadora Marta Carvalho introduziu o tema da Arte e Criatividade como ferramentas poderosas no desenvolvimento humano. Depois foi abordado o tópico da conexão ao nosso Eu artista. A seguir foram realizados exercícios de desbloqueio criativo, como pintura intuitiva, escrita criativa e movimento. No final do dia, os participantes reuniram-se para um círculo de reflexão e partilha.

Dia 13 de Agosto

O dia 13 abriu-se com práticas de meditação e presença. Como o dia precedente, o grupo continuou a trabalhar com dinâmicas artísticas, individuais e em grupo. A seguir os participantes começaram a fazer praticas de pintura intuitiva, no papel e no corpo, como arte expressiva do Ser.

No final do dia, reuniram-se para um círculo de reflexão e partilha.

Dia 14 de Agosto

O terceiro dia de atividades começou com um “brainstorming”, ou seja uma tempestade de ideias, sobre o significado de Liberdade para cada participante. Com o apoio da facilitadora, o grupo focou-se na representação desse conceito visualmente, através arte e movimento. A seguir os participantes foram divididos em grupos de 3 para apresentação de ideias visuais/performance sobre o tema proposto.

Em fim, no final do dia, reuniram-se para um círculo de reflexão e partilha.

Dia 15 de Agosto

O dia 15 os participantes continuaram fazer dinâmicas de pintura corporal. A seguir apresentaram as ideias desenvolvidas nos grupos criados o dia anterior.

No final do dia, os participantes reuniram-se para um círculo de reflexão e partilha.

Dia 16 de Agosto

Durante a manhã do dia 16 os participantes experimentaram técnicas de meditação e presença no processo criativo e realizaram uma sessão final de brainstorming para melhorar alguns pormenores da performance no castelo. A seguir o grupo provou o ensaio e preparou todos os materiais necessários para a apresentação artística.

No final do dia, foi feita uma reunião de avaliação final com partilha de feedbacks sobre todas as atividades desenvolvidas durante a semana em Alcoutim.

Dia 17 de Agosto

O último dia de trabalho os participantes provaram mais uma vez o ensaio. Depois foram empenhados na preparação de materiais necessários para a apresentação artística. No final do dia, o grupo participou no evento final no castelo de Alcoutim.

Workshop de Música – Gonçalo Ferreira

Dia 12 de Agosto

Durante a primeira sessão do workshop da Comunicação, o facilitador Gonçalo Ferreira apresentou o programa das atividades da semana e também os participantes fizeram uma pequena apresentação. A seguir começou a recolha de materiais pela vila de Alcoutim: panelas, baldes, bidons, garrafas de vidro...objetos a serem reutilizados pelo grupo. Depois os participantes tiveram o primeiro contacto com os instrumentos de percussão e didjeridu. Em fim, depois de ter experimentado, cada um deles escolheu um instrumento para aprofundar nos restantes dias. 

Dia 13 de Agosto

O dia 13 começou com a lavagem dos materiais reutilizados para serem tocados. O facilitador fez uma introdução à roda de percussão e à modulação harmónica e respiração circular no didjeridu. A seguir foi explicado como utilizar a garrafa de vidro como instrumento de sopro e foi introduzida a orquestra de garrafas e arranjo do Wish You Were Here.

Dia 14 de Agosto

De manhã os participantes construiram os berimbaus de boca a partir de cartões PVC-PET inutilizados. A seguir foram feitos os ensaios da roda de percussão e da orquestra das garrafas de vidro. Em fim o facilitador introdiziu o Glockenspiel, ou seja um instrumento musical audiofone percussivo.

Dia 15 de Agosto

O dia 15 começou com a introdução de novos ritmos e com a troca de instrumentos de percussão na roda. A seguir foi realizada uma sessão de improvisação musical. Depois os participantes da orquestra das garrafas fizeram mais um ensaio. Em fim o grupo da musica participou na Jam Session com os restantes grupos e apresentou, através algumas performances, algumas das cenas provadas nos dias anteriores.

Dia 16 de Agosto

O dia 16 foi dedicado quase totalmente na preparação do espetáculo final. Foi portanto realizado um ensaio de grupo e um ensaio geral que envolveu todos os participantes do projeto. A seguir o grupo da musica reuniu-se com o facilitador para fazer um brainstorming e falar sobre alguns pormenores do evento final no Castelo.

Dia 17 de Agosto

De manhã o grupo da musica fez um ensaio de grupo, o último antes do espetáculo final. A seguir os participantes foram empenhados na caracterização e na pintura dos instrumentos reciclados. E na tarde ajudaram a transportar o material e a preparar o palco para o evento. A partir das 9h houve a atuação final no Castelo de Alcoutim.

 

Workshop de Teatro – Pedro Esteves

Dia - 12 Agosto

O primeiro dia foi o conhecimento do grupo, deu-se uma apresentação do facilitador e do grupo assim como mais formalmente do workshop e apresentação de atividades futuras, de seguida o grupo foi para a praia para saber como reagiam com olhares exteriores, e para começarem a conhecerem-se enquanto grupo com alguns exercícios de confiança.

Dia - 13 de Agosto

Neste dia foi ensinado e os participantes tiveram apoio na construção de bolas de malabares e como as manipular, o malabarismo é bastante importante para a concentração, foram criados alguns jogos em grupo com a manipulação para ajudar o grupo a ser mais unido e com mais foco coletivo.

Dia - 14 de Agosto

Foi um dia mais curto onde foram transparecidos para o workshop alguns exercícios de clown, para poderem ter essa experiência e conhecerem um mundo novo, e porque estes exercícios trabalham muito o estar a vontade em palco.

Dia - 15 de Agosto 

Pela manhã o workshop teve início com uma leve preparação física e foram incutidos alguns movimentos acrobáticos que todos possam fazer e pela tarde o facilitador começou com a criação da performance em conjunto com os participantes.

Dia - 16 de Agosto

No decorrer deste dia, foram elaborados diversos jogos, dinâmicas e exercícios com alusão às maneiras de se mover no espaço e outros conceitos que foram abordados ao longo da semana, foi criada em coletivo uma performance como treino para a performance final.

Dia - 17 de Agosto

O último dia de trabalho os participantes realizaram mais uma vez o ensaio para a performance final. Depois foram empenhados na preparação dos movimentos artísticos para a representação teatral. No final do dia, o grupo participou no evento final no castelo de Alcoutim.

Espetáculo Final – 17 de Agosto

No dia 17 de Agosto deu-se o espetáculo final do projeto HEY – Heritage for the European Youth onde os participantes do projeto estiveram a demonstrar a sua expressão artística através das diferentes áreas: dança, música, comunicação, teatro e arte. Este espetáculo decorreu no castelo de Alcoutim e contou com a presença de habitantes da cidade de Alcoutim, de Sanlucar do Guadiana, e de diferentes partes do país, assim como membros do Ministério da Cultura do Governo Português. O grupo do projeto HEY organizou-se em um espetáculo que decorreu de maneira fluída, começando com uma apresentação de um vídeo feito pelo grupo da comunicação, retratando o património cultural e a expressão multicultural do projeto, seguiu-se um cruzamento das outras áreas com o grupo da música ao utilizar instrumentos musicais tradicionais e outros criados através de upcycling como tambores; dando uma atmosfera culturalmente diversa enquanto se seguia o grupo de participantes de dança e teatro com a sua expressão corporal artística e o espetáculo terminou com o grupo de arte envolvendo todo o público com pinturas e mensagens positivas sobre os valores europeus, as preocupações da conjuntura internacional atual e do património cultural europeu.

Eurodesk

Este site utiliza cookies para assegurar a melhor experiência no nosso site.